Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Kate Sotero

28
Jan16

Vapores

Kate

Os vapores são aconselhados para as crianças e adultos em casos de infecções respiratórias, acne, sinusite, doenças degenerativas das mucosas, dores de cabeça de origem circulatória, tosse e impurezas cutâneas.


No caso das alergias ou constipações, os vapores conseguem ter um efeito bastante rápido de alivio, pois tornam as secreções mais liquidas, ajudando a sua expulsão. São também um meio de dissolver o muco, diminuir a inflamação, ajudam na irrigação sanguínea, ativam a transpiração, o metabolismo, ajudam a limpar a pele e a descontrair.

 

13e9c451dfa69348c96215cd3369ab95.jpg

 

Como usar o vapor?

Pode usar um vaporizador comercial, ou ferver a água numa panela com cerca de 3 a 4 litros de água (com 2/3 de água de forma a evitar que esta salpique) e colocar alguns chás ou óleos essenciais para ajudar no tratamento.


A inalação deve ser feita alternando a respiração pelo nariz e pela boca, de forma pausada durante cerca de 10 a 15 minutos. O rosto deve estar em volta de uma toalha, e o vapor não deve estar a "queimar a pele".

 

Alguns Óleos essenciais ou plantas aconselhados são:

A Camomila- Reduz a inflamação das mucosas e da pele 

O Tomilho- Dissolve o muco, liberta as vias respiratórias, acalma a tosse, desinflama, ajuda a limpar os poros em casos de acne.

A Hortelã- Descongestiona as vias nasais e melhora a aparência da pele.

O Rosmaninho- Ajuda a desentupir as vias respiratórias, acalma a tosse, alivia as dores de cabeça, tonifica a pele. 

O Alecrim- Alivia dores de cabeça, tonifica a pele, ajuda a limpar os poros, ativa a transpiração, regula o metabolismo, diminui a inflamação.

 

Com Amor,

Kate 

 

 

28
Jan16

Pré-Natal Yoga

Kate

O yoga coordena o equilíbrio do corpo e da mente. Durante a gravidez a mulher está mais sensitiva e todos as emoções são sentidas também pelo bebé.

 As aulas de pré-natal yoga ajudam a futura mãe a descontrair, manter um corpo bonito, equilibrar as emoções, prevenir estrias, complicações durante o parto, alongar todos os músculos de forma a que o momento de dar á luz seja menos doloroso.

 

dda9f8b053a538731f78feb4a01ed2cc.jpg

 

 

 Os ásana combinados com a coordenação da respiração permitem reajustar o equilíbrio da mãe. A prática regular melhora a circulação, postura, previne a retenção de líquidos, dores e problemas associados ao nervo ciático, reduzindo a ansiedade e ajudando a recuperar o corpo depois da gravidez.

  Na prática de yoga a mãe deve estar o mais relaxada possível e saber respeitar os limites do seu corpo preservando assim o bem-estar do bebé.

  Estas aulas são excelentes para a mãe e para o bebé, procure profissionais credenciados e aconselhe-se antes de iniciar em vários centros de yoga. Antes de participar assista a algumas aulas e fale com as mães que estão a praticar Pré-Natal yoga, de forma a que, estas possam partilhar consigo a sua experiência permitindo-se ficar mais integrada neste ambiente.

 

 

Com amor,

Kate

28
Jan16

Varizes e insuficiência venosa

Kate

 As varizes e derrames são alvo de atenção de muitas mulheres, principalmente em Portugal onde o clima e a latitude são mais propícios ao seu aparecimento.

 

Os derrames são dilatações da derme, pequenos vasos sanguíneos de cor rocha, azul ou vermelha, que se apresentam como pequenos fios.  As varizes são veias dilatadas de localização subcutânea, que mostram a veia um pouco mais grossa e superficial. Alguns dos sintomas que podem ser indicadores de insuficiência venosa são as sensações de pernas cansadas, de dormência e de peso.
 

Numa fase inicial alguns tratamentos, como a drenagem linfática, podem ajudar o retorno venoso, no entanto em casos mais avançados é muitas vezes indicado a escleroterapia (secagem através de substâncias químicas que vão provocar o desaparecimento ou minimizar a evolução do derrame). Noutros casos é mesmo necessário recorrer à cirurgia venosa onde é feita a remoção total ou parcial da veia.

 

967b9de3b39c89e0295789f67bf9dbb4.jpg

 

A tonificação das  veias e dos capilares deve ser feita todos os dias de forma a prevenir eventuais aparecimentos de varizes e derrames, aqui seguem alguns conselhos:

 

- Não use roupas apertadas como meias, calças, cintos etc...

- Evite estar de pé ou sentada/o durante mais de uma hora, se tiver de o fazer devido ao seu trabalho aplique um creme pelo menos demanhã e à noite e faça uma pausa para colocar as pernas elevadas sempre que poder.

- No fim do banho ligue o duche na água fria e estimule as pernas com o frio, vai ajudar toda a circulação sanguínea.

- Evite a exposição solar exagerada.

- Evite saltos altos.

- Alinhe uma alimentação saudável a alguns chás como centella asiática, dente-de-leão, videira-vermelha, alecrim e gincko-biloba.

- Faça exercícios como caminhar, yoga, pilates, natação e passeios à beira mar com as ondas a bater nas pernas.

- Aplique um creme com extracto de plantas medicinais como a hammamelis e a castanheiro da Índia.

- Assim que tiver os primeiros sintomas aconcelhe-se com um cirurgião vascular, para lhe dar as melhores indicações de como deve evitar e recuperar uma pernas bonitas e leves.

 

Com Amor,

Kate 

 

 

 

26
Jan16

Importância dos Oligoelementos

Kate

A Oligoterapia é uma terapia que usa os oligoelementos para equilibrar défices que possam estar a comprometer o nosso bem-estar geral. Durante uma consulta de oligoterapia são realizadas várias questões e análises de forma a perceber quais os oligoelementos em falta ou em excesso no nosso organismo. 

 Os oligoelementos, são elementos químicos indispensáveis à vida, existem em baixas concentrações no nosso corpo, e ao serem ingeridos, são automaticamente absorvidos pelo nosso organismo, são catalizadores das funções enzimáticas.

 

Existem 4 tipos de oligoelementos:

 

O.Essenciais: Ferro, Iodo, Zinco e Magnésio

O.Importantes: Selênio, Enxofre, Crómio, Cobre, Manganês, Flúor, Cobalto, Molibdênio

O.Tóxicos: Mercúrio, Alumínio, Chumbo

O.Vitais: Cálcio, Sódio, Potássio, Fósforo

 

Hoje vamos referenciar apenas os essenciais e os vitais.

 

O Ferro desempenha um papel importante no transporte de oxigênio no sangue através da hemoglobina, presente nos glóbulos vermelhos. Para ser absorvido, precisa de outros oligoelementos como o Magnésio, o Cobalto e o Cobre.

 Alimentos ricos em ferro: beterraba, mexilhão, lentilhas, feijão (principalmente o branco), tofu biológico, gema de ovo entre outros.

 

O Iodo é imprescindível para o funcionamento da tiróide, pois permite a sintetização das hormonas T3 e T4, que influenciam o crescimento, o metabolismo a temperatura corporal e a fixação de cálcio no organismo.

Alimentos ricos em iodo: marisco, algas, ovos, sal marinho, acelga, pepino, agrião...

 

15dd7a69996f4762b307dbba6f3b0edb.jpg

 

 

 

O zinco é indispensável na síntese de proteínas, é um poderoso antioxidante e cicatrizante, que actua juntamente com o cobre na renovação da derme. Responsável pelo metabolismo dos hidratos de carbono, pela manutenção do sistema imunológico, pela fertilidade e a maturação sexual, o zinco é indispensável ao nosso corpo pois não o conseguimos produzir.

Algumas fontes de zinco: ostras, marisco, ovos, carne de vaca, soja, amêndoa, amendoim, avelãs.

 

O Magnésio é responsável por inúmeras funções importantes no nosso organismo, entre elas destacam-se a produção de ATP (adenosina trifosfato, que tem como função armazenar energia necessária às nossas células), contração muscular, síntese de proteínas e a manutenção do ritmo cardíaco. Os níveis de Magnésio no nosso organismo podem diminuir devido ao stress, excesso de esforço muscular, depressão entre outros factores. 

Alguns alimentos ricos em Magnésio: nozes (sobretudo as amêndoas),  cacau cru, sementes de abóbora, arroz integral, alcachofra, espinafres, gérmen de trigo...

 

O.vitais

 

O Cálcio é responsável pela formação óssea e dentária, atua também com a vitamina K na coagulação sanguínea, regula os batimentos cardíacos e ajuda na contração muscular.

Alimentos ricos em cálcio: couve, laranja, queijo, amêndoas, cenoura, espinafre, tofu, feijão, quiabo, sardinha, sementes de sésamo. 

 

O Sódio controla a entrada e a saída de água das células no nosso organismo, é importante para a transmissão neuronal e para as contracções musculares, no entanto o seu consumo em excesso pode ter alguns dissabores. Uma das fontes principais de sódio é o sal, em geral conseguimos ingerir as necessidades diárias de sódio, pois o sal está presente em vários alimentos do nosso dia-a-dia.

 

O Potássio representa um papel importante no equilíbrio de acidez no nosso organismo, nas funções do relaxamento muscular e no equilíbrio da hipertensão arterial. 

Alimentos ricos em Potássio: abacate, cenoura, amoras, espinafres, cogumelos, feijão, tomate, damasco, papaia, beterraba, ervilhas, entre outros.

 

O Fósforo juntamente com o cálcio forma cristais, o fosfato de cálcio, e com o Magnésio forma o fosfato de Magnésio, essenciais para a estrutura dos ossos e dos dentes. É também importante para a estrutura do ADN, para o metabolismo das proteínas, hidratos de carbono e gorduras, assim como para a manutenção dos ph no nosso organismo. 

Alimentos ricos em Fósforo: cereais integrais, sementes de abóbora, amêndoa, sardinha, sementes de girassol, castanha, ovos, figos, quiabo, açaí...

 

A Oligoterapia tem como principal objectivo o equilíbrio dos minerais e vitaminas no nosso organismo, assim como a eliminação de substância tóxicas que possam estar a influenciar as suas funções.

 

Com Amor,
Kate

 

 

 

Guardar

Guardar

Guardar

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

  •  
  • Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D